As Características do Cabelo na Cultura

 

Os cabelos têm cores diferentes, mas também distintas estruturas e resistência conforme se trata de um cabelo africano, asiático ou caucassiano/europeu.

Todos os cabelos contém um melanócito que produz dois tipos de melanina. O cabelo preto dos japoneses contém apenas um tipo de melanina que surge na forma de pequenos bagos de arroz, com um colorido que varia entre o castanho-vermelho e o preto; o cabelo ruivo dos irlandeses é muito rico no outro tipo de melanina que é gerada por um aminoácido, e tem uma forma menos precisa em que a sua cor se estende do amarelo ao vermelho. Mais surpreendente ainda, é descobrir que o cabelo louro dos escandinavos contém os dois tipos de melanina.


A explicação reside na imensidade de misturas possíveis dos dois pigmentos. Assim, a distribuição de melaninas, determinada pela herança genética de cada um (que difere bastante de cultura para cultura), oferece uma paleta infinita - desde o louro, mais louro, passando pelo louro escuro, pelo ruivo, uma variedade de castanhos, até ao preto.
O formato do cabelo e o seu diâmetro também diferem nas três etnias: europeia, asiática ou africana. O primeiro tem um diâmetro mais pequeno, o asiático é o que tem um maior diâmetro - portanto, uma maior espessura. O africano é também o que sofre maior irregularidade de diâmetros.


No que diz respeito à fragilidade (frisar, encaracolar, alisar com escova) o cabelo não se comporta nem resiste da mesma forma: o mais forte é o asiático, a seguir vem o europeu, por último o africano, em que o seu formato o torna mais difícil de pentear.
Quanto ao crescimento e densidade, no caso dos cabelos asiáticos e europeus chegou-se à conclusão de que a densidade do cabelo varia de 90 a 290 cabelos por cm2 e é maior no cimo da cabeça, independentemente do sexo. São as conclusões retiradas de uma amostra de 19 homens e 19 mulheres, com idades compreendidas entre os 18 e 59 anos, tendo em conta três regiões do escalpe: o cimo da cabeça, as têmporas e a região occipital. A percentagem de cabelo na fase de queda é mais elevada nos homens e nas têmporas. O crescimento varia entre 150 a 363mm/dia e este parâmetro é, igualmente, independente do sexo e da região da cabeça.


Comparativamente, o cabelo africano cresce mais devagar e tem uma densidade menor, independentemente do sexo e da região da cabeça.

 

Genética

Cultura

Estética

Blog/Forúm

Caderno Digital

Multimédia

HairManiacs Stand

Home

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


   Contactos

Hairmaniacs@hotmail.com